segunda-feira, 20 de setembro de 2010

Cinquentenário



Sinceramente, nunca fui grande fã do Damon Hill enquanto ele corria. Achava seus feitos na pista altamente contestáveis, achava Schumacher e Villeneuve muito mais pilotos. De fato o que se pode criticar em Hill é a falta de combatividade, isso ele não era mesmo.

Porém ele é um vencedor. É um campeão. Esteve no lugar certo na hora certa com todos os méritos. Tem uma história de vida impressionante para aqueles que acham que seu sucesso foi obra exclusiva de seu nome mítico. Muito pelo contrário.

Por isso uso o espaço para homenageá-lo com esse vídeo que vi no blog do Fábio Seixas. Minhas corridas favoritas de Hill são 4: Japão 94, Argentina 95, Hungria 97 e Bélgica 98... sinta-se a vontade para opinar. Longa vida ao roqueiro inglês.

2 comentários:

Ron Groo disse...

A trilha sonora poderia ser do Oswaldo Montenegro, que é tal e qual o Hill. Parecem até ser o mesmo.

Marcos Antônio disse...

grande Damon, muita gente o execra mas ele é um baita piloto!