domingo, 12 de julho de 2009

"A 130ª é a boa"


Depois de ontem marcar de forma fantástica a pole numa grande volta, eis que Webber mais uma vez se supera e conquista uma bela vitória, sua 1ª na careira, e em um GP bem movimentado. O australiano foi indiscutívelmente o melhor na pista nesse fim de semana, mesmo depois de ter largado mal e quase ter batido em Barrichello, até agora numa manobra mal explicada trazendo como consequencia um Drive-Through, ele não deixou o brasileiro da Brawn escapar no início, andou rápido antes de sua parada no box e executou com perfeição seu plano de corrida. 1ª vitória em 130 GPs, muito merecida, diga-se.

O segundo foi Vettel que tentou fazer um bonito para a torcida, mas acabou sendo ofuscado pelo bom ritmo de Webber. O que não tira um certo brilho de sua atuação, mas de qualquer forma fez a força do carro valer muito mais que a pilotagem. Importante o resultado já que agora é 2º no campeonato.

E a Brawn? Ao que parece já não vai conseguindo se manter mais como uma das grandes forças. Aquele fôlego ($$$) que chamavamos atenção no começo da temporada ao que parece pode ter chegado a um ponto crítico, o time já não tem toda essa bola para evoluir. Mesmo assim avantagem é grande, mas a Red Bull já começa a assustar. O fato que ambos os carros tiveram rendimento pífio no fim da prova.

Outra coisa: Nããããão. Rubinho não foi sacaneado pela equipe, como aliás, insistiram em dizer hoje tanto na TV quanto no rádio. O que lhe rendeu o 6º lugar foi, além da inversão de posições do último dos 3 pits da Brawn, sua falta de performance atrás de Felipe Massa, Rubinho ali tinha que ter partido para a ultrapassagem.

Excelênte corrida de Massa. Se restava dúvida sobre a capacidade de Felipe ainda ela vai se apagando com notórias atuações nesse ano. Primeiro pódio do ano para Massa que vai ao 5º posto no mundial. Seu companheiro Raikkonen quebrou, palpite meu: câmbio.
Chance concreta tinha Adrian Sutil de fazer hoje os primeiros pontos da Force India. Tinha. Jogou tudo pela janela na saída de seu primeiro pit tentando passar Kimi Raikkonen ,quebrando sua asa diânteira. Pior para Sutil é Kimi ainda viria a abandonar, ou seja, destriu seu fim de semana magnífico absolutamente por nada.

Das equipes do difusor do início do ano a única que ainda está em curva de evolução é a Williams (ou Rosberg, já que Nakajima ainda não sabe o que veio fazer na F1 2009). Rosberg depois de um 15º ontem, chegou hoje na frente das Brawn em 4º lugar. Gradíssima atuação.

Fernando Alonso mesmo rodando fim da volta de apresentação fez boa corrida, incluindo no seu currículo hoje a volta mais rápida da prova, simplesmente 0.6 abaixo de Webber. Nelsinho niguém sabe, ninguém viu. Largou mal depois não se teve mais notícia, naquela pode ter sido sua última corrida na Renault.

Boa corrida, com muitas alternativas e variáveis, mesmo sem chuva. Grande atuação de Webber, Massa e Rosberg. Mas minha dúvida é só uma: Brawn ainda vai ter cacife pra lutar ou, (ao menos) segurar a Red Bull para a segunda metade do mundial? a conferir nas próximas semanas e na Hungria dia 26.
Classficação final:
1º. Mark Webber (AUS/Red Bull), 1h36min43s310
2º. Sebastian Vettel (ALE/Red Bull), a 9s252
3º. Felipe Massa (BRA/Ferrari), a 15s906
4º. Nico Rosberg (ALE/Williams), a 21s099
5º. Jenson Button (ING/Brawn), a 23s609
6º. Rubens Barrichello (BRA/Brawn), a 24s468
7º. Fernando Alonso (ESP/Renault), a 24s888
8º. Heikki Kovalainen (FIN/McLaren), a 58s692
9º. Timo Glock (ALE/Toyota), a 1min01s457
10º. Nick Heidfeld (ALE/BMW), a 1min01s925
11º. Giancarlo Fisichella (ITA/Force India), a 1min02s327
12º. Kazuki Nakajima (JAP/Williams), a 1min02s876
13º. Nelsinho Piquet (BRA/Renault), a 1min08s328
14º. Robert Kubica (POL/BMW), a 1min09s555
15º. Adrian Sutil (ALE/Force India), a 1min11s941
16º. Sébastien Bourdais (FRA/Toro Rosso), a 1min30s225
17º. Jarno Trulli (ITA/Toyota), a 1min30s970
18º. Lewis Hamilton (ING/McLaren), a 1 volta
Não completaram:
Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), 34 -
Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso), 18 - Hidráulico

3 comentários:

Leandrus disse...

Fala rapaz, blz? Estava sumido, mas agora minha rotina está voltando ao normal, rs

Acredito que a má performance da Brawn hoje ocorreu devido a opção precipitada de cada piloto fazer três paradas. Uma estratégia que já havia dado errado em outros momentos, diga-se de passagem. Claro, houve o problema no reabastecimento de Rubinho e tb o fato dele novamente não executar sua tarefa direito na pista (como vc bem observou ao falar sobre a demora em passar Felipe Massa); mas o principal foi escolher as benditas três paradas, o que é muito arriscado, na minha opinião.

E fiquei com pena do Sutil, que poderia ter conquistado os primeiros pontos da Force India. Só que dessa vez foi ele mesmo que errou, ao se precipitar na hora de disputar posição com Raikkonen. Enfim, a pedra no meio caminho do Sutil definitavamente é o finlandês, rs

Ateh!

Ron Groo disse...

Foi realmente uma bela corrida.
E Webber provou que existe amor a 130a vista...

Marcos Antônio Filho disse...

Nico correu pra kct!!!!
e o Webber, venceu, né fazer o que?rs