quinta-feira, 26 de março de 2009

Expectativas para Melbourne

Por fim pessoal... a primeira prova do ano chegando, na Austrália em Melbourne que desde que entrou no calendário em 1996 é palco da prova inaugural do mundial, a exceção apenas de 2006 no qual foi a 3ª do ano. Prova que no ano passado foi vencida por Lewis Hamilton em 1h34:50.616 , com a intervenção de dois Safety Cars durante a prova, que aliás é sempre marca registrada de Melbourne pois em 13 provas lá tivemos em 7 sua presença pelo menos uma vez. O ano passado ainda guardou outra surpresa, apenas 7 carros completaram a prova dos 22 que largaram, e desses 7 Barrichello acabou sendo desclassificado por ter saído dos pits em luz vermelha.


Circuito de Melbourne que tem em sua extenção 5.303 metros, prova que vai ter 58 voltas. A pista por sua vez tem um desenho bem peculiar no sentido de 3 pontos terem o desenho muito parecido, nas curvas 1 e 2, 6 e 7 e 9 e 10, onde há uma freiada forte seguida de uma curva aberta para a recuperação da velocidade. Velocidade, que é algo bem valorizado em Melbourne, juntamente aos freios que tem papel importante pois são muitas as freiadas fortes antecedidas de retas grandes no circuito, o que faz os freios sofrerem um pouco mais que em outras pistas. Um ponto interessante também na pista são as curvas 11 e 12, onde o "G" varia entre 4.04 e 4.52 aos 230km/h, bem impressionante.

Veja o desenho da pista:


O que esperar dos pilotos e carros apenas se baseando nos testes de inverno? Esperar o que aconteceu nos testes, mas, claro, com ligeiros contrastes. Por exemplo, a Brawn está tão na frente quanto parece? A McLaren está tão ruim assim? BMW e Toyota, gratas surpresas? E a Ferrari, tem um carro confiável? não creio que dê para responder essas perguntas com certeza, mas acredito eu aqui que a Ferrari deva prevalecer. Como já disse por aqui, foi a que ficou mais quieta durante os testes, talvez escondendo o jogo, e agora pode entrar com um bom pacote e surpreender.


A Brawn é incógnita, mas acredito nos 2 carros no Q3 no treino de amanhã pelo menos, daí pra frente seria sonhar muito para agora, já que não vimos eles competindo em situação real, e não ficaria tão surpreso se os visse andando em 7º ou 8º, tudo bem que o entusiasmo de Barrichello e Button é grande, mas por hora fico com o pé atrás. A McLaren deve ser ao que tudo indica a grande surpresa negativa, mas não acredito que fiquem tão para trás assim, tem potêncial e Hamilton para brigarem por uma reação durante o fim de semana, e vale dizer que em pistas com essas características no ano passado (Austrália, Montreal, Mônaco) o time de Working tinha um bom carro.


Na BMW acredito em uma força da qual não sei exatamente a dimensão, pode estar ai uma variavel interessante da prova, assim como na Toyota, uma força que não sabemos ainda se vingará.


Emfim, a lista de ingredientes está ai, vejamos o que sai do forno domingo, certamente algo imperdível!

Um comentário:

Marcos Antônio Filho disse...

Realmente tá arriscado acertar algum palpite! mas a Williams vai correr bem , se Deus quiser! Go Williams go!