sábado, 7 de março de 2009

Nascido para guiar

Bom, há alguns anos, mais precisamente em 2000/2001, tivemos nas pistas da F1 um piloto da Argentina, terra de Fangio pentacampeão mudial nos anos 50 na F1, seu nome era Gaston Mazzacane, um "Pay-Driver" que realmente justifica a má fama desse nicho de pilotos, que tiveram seu apogeu na minha opinião durante sua passagem memorável pela F1.


Se você não o viu ou não se lembra dele ai vai uma pequena amostra do talento do argentino prodígio:
Elkhart Lake 2004, ChampCar. Nem lá nos EUA, em uma categoria seriamente enfraquecida, a criatura se deu bem...
Enfim, esse foi Gaston Mazzacane ***aplauso***.
Me lembro do GP da Austrália de 2000, na ocasião o argentino fazia sua estréia na F1, de ele atrapalhadamente jogando o carro fora da pista para deixar os carros mais rápidos passarem, e ainda sem contar suas saidas de pista durante a prova. Isso se repetiu durante o ano inteiro em 2000.


Pois bem, o argentino era tão bom, tão bom, tão bom que 8 anos depois de sua passagem pela categoria máxima do automobilismo virou caminhoneiro, e hoje como vocês devem saber anda na F-Truck Brasil (como diria Galvão Bueno: "que ladeira abaixo"), eis que o mito ataca novamente
:
Acidente ocorrido ontem em Guaporé no RS, durante os treinos para o primeira prova do ano na categoria. Mazzacane não morreu, nem se machucou, porém vai ter que abdicar da corrida devido aos danos em seu caminhão.


A conclusão que posso chegar ao ver fotos como essa é... Giancarlo Minardi e Alain Prost estavam realmente precisando de muuuuita grana quando o contrataram, de tanta grana que não podiam contratar um "Pay-Driver" melhor qualificado. Pois bem, ano passado veio para o Brasil com a etiqueta "Fui piloto de Formula 1" porém específicamente no seu caso não significa de fato muita coisa pelo que vemos...

5 comentários:

Leandrus disse...

MITO! Sem mais, hahaha!

Seria ótimo vê-lo correndo com de Cesaris, não? rs

Ovi disse...

Buenas, me cree un blog de f1 hace poco, y me gusta tu blog.
Me gustaria que te pasaras y me comentaras. Seguiré tu blog con atención.
Un saludo.

Ovi disse...

Te pongo en blogs que sigo.
Ponme tu tambien.
Un saludo.

Marcos Antônio Filho disse...

Realmente Mazzacane é um mito! Mas nunca chegará ao pé do DEUS DOS ACIDENTES, Andrea de De Cesaris!rs
O pior é pensar que um país nos deu o Fangio,nos deu o Mazzacane...

Felipe Maciel disse...

hahahaha
Tem piloto que nasce para ser piada. E o Mazza não cansa de deixar suas marcas...