sábado, 4 de abril de 2009

Novas estrelas, novos tempos


E a exemplo da Austrália Jenson Button marcou hoje a Pole Position com o tempo de 1:35.181, mostrando assim que a Brawn é sim a principal força desse início de mundial e, por esse começo de mundial, pode ser até vista como candidata a título. Button fez tudo certo, mesmo quando Trulli no fim do Q3 o passou na classificação manteve a calma e marcou a Pole, apenas 0.092s a frente do italiano da Toyota que ficou em 2º. Barrichello não fez bom treino, larga amanhã em 8° (fez 4°, perde 5 lugares, mas ganha 1 de Vettel... 4+5-1=8) e não está assim tão mais pesado que Button... está na hora de Rubinho começar a acordar, mas claro, tudo pode mudar na corrida, já que a F1 está de pernas para o ar.

Falando em Trulli, o ano parece que guarda boas coisas para o italiano, a Toyota parece que fez um bom carro, tanto é que Glock beneficiado pelas punições de Vettel e Barrichello larga em 3°. Olha, a 1º vitória da Toyota pode estar mais perto do que aparenta.

E a Red Bull parece que encontro seu caminho também, Vettel sairia em 3º mas pela batida na com Kubica na Austrália perderá 10 posições, sendo assim alinha amanhã em 13º. Webber na onda dos bons resultados do time A dos energéticos larga amanhã em 5º, boa posição. Impressionante ver a "ladeira abaixo" (Galvão Bueno Mode-on) da STR. Ano passado passava com os 2 carros facilmente para o Q3 no fim da temporada, e hoje sofre para passar do Q1, se não fosse o problema de Massa ficariam na 1ª degola, Bourdais larga em 15º e Buemi depois de errar em sua volta boa no Q1 larga em 20º e último.

E Massa... ah, o que dizer dessa fanfarronisse de achar que fazer pouco já é demais? mais uma vez a Ferrari deu chance ao azar, como vem fazendo desde o ano passado. Eu peço a vocês, façam de conta que vocês são pilotos da Ferrari na situação de hoje ( 0 pontos no mundial) daria uma brecha dessas numa classificação tão importante, numa pista que um bom resultado seria fundamental? ... eu também não. Pois bem, a verdade é que Massa alinhará em 16° e Kimi em 7º mesmo sendo um dos carros mais leves do grid com 662,5kg.

Hamilton em 12º e Kovalainen em 14º. O limite da McLaren por hora é esse, ficar no Q2 sem sequer perspectiva de passar para o Q3, quem diria hein? Hamilton deve estar com uma saudade do ano passado... incrível.

Williams vem mais ou menos bem, Rosberg alinha em 4º e Nakajima em 11º. Sendo bem franco, não acredito que a Williams consiga sustentar essa performance, média pra boa, até o fim do ano, vai ser bem complicado. Mas enquanto isso Rosberg vai aproveitando, Nakajima é que vai deixando a desejar.

Nelsinho mais uma vez errou em sua volta, e o fantasma de Grosjean está crescendo mais e mais. Nelsinho precisa botar a cabeça no lugar porque senão vai embora antes da temporada acabar. Alonso provando mais uma vez seu talento larga com as punições a Vettel e Barrichello em 9º, com a carroça da Renault.

Enfim... se chover a corrida promete bastante, se não chover dai ela pode ser boa como pode nção ser, prefiro não arriscar palpites e ficar só na espera.

Grid:
BUT TRU
GLO ROS
WEB KUB
RAI BAR
ALO HEI
NAK HAM
VET KOV
BOU MAS
PIQ FIS
SUT BUE

Disputa Piloto X Piloto:
McLaren: Hamilton 1X1 Kovalainen
Ferrari: Massa 1X1 Raikkonen
BMW: Kubica 2X0 Heidfeld
Renault: Alonso 2X0 Piquet
Toyota: Trulli 1X1 Glock
Toro Rosso: Bourdais 1X1 Buemi
Red Bull: Webber 1X1 Vettel***(0X2)
Williams: Rosberg 2X0 Nakajima
Force India: Sutil 0X2 Fisichella
Brawn: Button 2X0 Barrichello

Peso dos carros:
1. Jenson Button, Brawn GP, 660kg
2. Jarno Trulli, Toyota, 656.5kg
3. Timo Glock, Toyota, 656.5kg
4. Nico Rosberg, Williams, 656kg
5. Mark Webber, Red Bull, 656kg
6. Robert Kubica, BMW-Sauber, 663kg
7. Kimi Raikkonen, Ferrari, 662.5kg
8. Rubens Barrichello, Brawn, 664.5kg
9. Fernando Alonso, Renault, 680.5kg
10. Nick Heidfeld, BMW-Sauber, 692kg
11. Kazuki Nakajima,Williams, 683.4kg
12. Lewis Hamilton, McLaren, 688kg
13. Sebastian Vettel, Red Bull, 647kg
14. Heikki Kovalainen, McLaren, 688.9kg
15. Sebastien Bourdais, Toro Rosso, 670.5kg
16. Felipe Massa, Ferrari, 689.5kg
17. Nelson Piquet, Renault, 681.9kg
18. Giancarlo Fisichella, Force India, 680.5kg
19. Adrian Sutil, Force India, 655.5kg
20. Sebastien Buemi, Toro Rosso, 686.5kg

4 comentários:

Bruno Santos disse...

Estranho ver o mesmo peso nos carros da Toyota, que estratégia é essa?
Vettel vem leve e terá carros pesados a sua frente, inínio de corrida já promete.
A Ferrari parece amadora, a corrida é uma vez por semana no máximo, o que custava dar mais uma volta? Economizar motor? O fantasma do ano passado bate na porta...
Nelson Piquet sabia, esse ano teria que acompanhar o filho em todas as etapas, porque ele que está segurando a vaga...
Abraço.

Leandrus disse...

Cara, a falha que a Ferrari cometeu é imperdoável. Arriscar em não ir para a pista mesmo sabendo que não possuem mais o melhor carro do grid foi uma decisão muito precipitada, e o resultado de Massa mostrou isso. Acho que nem ano passado, quando passavam para o Q3 brincando, isso acontecia. Qual a bobagem que a Ferrari ainda não cometeu nos últimos anos?

A RBR está se saindo bem mais por Vettel do que por Webber. O alemão mal chegou na equipe e já está bem melhor do que seu companheiro. E largando de trás amanhã, deve fazer uma bela corrida, ainda mais se chover. E se não me engano, a STR conseguia bons resultados já na segunda metade da temporada, antes tinha mais facilidade só com Vettel mesmo (aliás, foi impressão minha ou o Buemi tava com voz de choro no rádio depois de ter errado na sua volta rápida?)

Ateh!

Marcos Antônio Filho disse...

poisé, Buuton e Trulli são os novos astros na F1. De quase aposentados, a pilotos que podem ser campeões!

E a Williams, não dá pra entender o que ela faz as sextas-feiras? será que é pra apena saparecer pra um patrocinador? Espero pelo menos um pódio do Rosberg amanhã...

Tlan Marcel disse...

Fernando Alonso 20x0 Nelsinho. O que me diz?